quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Prenda da Família...

Apesar de haver já algumas "Nespressas" na família e de eu gostar muito de algumas das variedades de café apresentadas pela marca (já provaram as novidades deste Natal? Ginger, Caramel e Mandarin? Ai, que desgraça de boas!), não era capaz de comprar uma máquina destas porque, cá em casa, só eu é que tomo café (embora muitos! lol).
Assim, aqui a "família de cá" resolveu presentear-me com uma de outra gama que, além de cafés para mim, faz uma série de outras coisas para todos eles também poderem participar nestes pequenos prazeres da vida.
Delícia! Gostei muito da minha prenda e acho que não fui a única. :)

PS-O único problema de consciência que estas máquinas me levantam é a poluição que todos fazemos com tanta cápsula... As 'latinhas' coloridas da Nespresso ainda as consigo aproveitar para ir fazendo uns trabalhos manuais com os miúdos (colares, 'bolas' de natal para a árvore, molduras de espelhos, etc) agora estas plásticas da Dolce Gusto é que ainda não descortinei o que poderei fazer com elas...

sábado, 27 de dezembro de 2008

*suspiro*

Ainda não contabilizei as horas que perdi (literalmente) em reuniões no final deste primeiro período, a discutir "o sexo dos anjos" e a produzir papel, papel, papel. Ele é balanço de planos de acompanhamento, ele é elaboração de planos de recuperação, ele é relatórios de projecto curricular de turmas, ele é relatórios de planificações não cumpridas, ele é relatórios de actividades desenvolvidas, ele é sínteses descritivas individuais de cada um dos meus 166 alunos... Se ao menos eu conseguisse ver resultados da aplicação prática de tanto papel não ficava tão esmorecida...
Enfim, à excepção das duas turmas dos cursos profissionais (com cuja pertinência também estamos conversados), eu garanto-vos que não estive menos de 3 horas em cada uma das outras 5 reuniões.
TRÊS HORAS vezes CINCO reuniões e tive muita sorte! Sorte, porque a 3 turmas eu lecciono duas disciplinas diferentes e, por isso, 'arrumei' tudo duma vez nessas 3 reuniões (era pior se leccionasse as duas disciplinas em turmas diferentes pois assim 'papava' MAIS 3 reuniões...). Mesmo assim sobrou-me a noite do dia 23 para fazer compras e embrulhos e só vos digo que o IKEA, a FNAC, a Decatlon e afins têm muito mais graça entre as 11 e a meia noite! lolol
Este ano tive a "novidade" de ter de justificar TODAS as negativas que dei. Para quem não sabe, até agora, cada professor só tinha necessidade de entregar um relatório justificativo das negativas que dava se por alguma razão desse um nível 1 ou, nalguma turma, desse 50% ou mais de negativas.
Esta novidade de ter de justificar todas (mesmo que se agrupem os alunos, cujas razões para terem negativa foram comuns, para facilitar tarefa) é, com toda a certeza, uma estratégia a ver se deixamos de dar negativas... Sei lá, de nos porem a pensar "Ah e tal vou dar negativa a este e depois tenho de fazer um relatório de competências não adquiridas e explicar porque cada um não as adquiriu?! Acho que não me vou dar a esse trabalho..."
Mas pronto, Senhora Ministra, eu vinha só dizer-lhe que sou um caso crónico. É que tenho esta ideia parva de só avaliar positivamente os alunos que têm aproveitamento e não há quem me consiga tirar isto da cabeça!!!
Serei também eu um caso de Necessidades Educativas Especiais?! Vejam lá se também têm de elaborar para mim algum Plano de Acompanhamento, algum Plano de Recuperação, algum Plano Educativo Individual, algumas Adaptações Curriculares, algum Currículo Alternativo ou Próprio, ou mesmo, quem sabe, sujeitar-me a uma avaliaçãozinha psicológica ou a uma C.I.F.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Reunião #21, #22

Conselho de Turma de Avaliação de final de período: 7ºB, 7ºC

Muitas negativas, muito absentismo, muito planos de recuperação, muito desinteresse por parte dos pais...
7ºB: 23 de Dezembro, 8:30-12:30 (simplesmesmte inexplicável o tempo que esta reunão demorou...)
7ºC: 23 de Dezembro, 13:3015:30
Total no dia: 6 horas
Total acumulado no corrente ano lectivo: 48h 30m

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Prendas


Ok, se não souberem o que me hão-de dar no Natal e me quiserem oferecer qualquer coisa eu comunico que estou disposta a receber o guarda roupa todo dos filmes da Jane Austen tirando aqueles exageros de rendinhas e folhinhos.
Podem mesmo ser só estes 'mais lisos' e de padrões mais simples e até dispenso os acessórios como chapéus, luvas e sobrinhas.
Aviso que estou disposta a vesti-los no meu dia-a-dia, e que só ainda não comprei os moldes para um destes fatos porque sou um zero na costura em tudo o que não seja a direito, tenho o meu cartão visa expirado e ainda não activei o novo...
Pronto, era só uma ideia já que estou ao tempo para fazer um post sobre isto.

Incongruências...

A 15 de Dezembro (na última semana de aulas portanto) batem-me à porta da sala 302:
-Professora, é para pedir que, quando puder, vá à secretaria dos professores...
Já na dita secretaria:
-A Professora tem uma falta.
Eu: -Como?
-A professora deu uma falta sem pedir autorização.
Eu (um pouco confusa): -Como assim? Eu só dei uma falta e já foi a 5 de Novembro.
-Sim, é essa! A professora não pediu autorização para faltar.
Eu: -Bem, não, de facto não pedi autorização. Tive uma pequena indisposição, uma gastroentrite ligeira ou lá o que lhe queira chamar, passei a noite de 3ª feira a vomitar e, na 4ª, não estava em condições para vir dar aulas às 8 da manhã.
-Vê?! Lá está! Deu uma falta sem pedir autorização prévia!
Eu (um pouco exasperada): -Bom se eu lhe estou a dizer que passei mal a noite e que não estava em condições de vir dar aulas é porque não foi propriamente uma situação planeada para eu poder pedir autorização previamente, não acha?
-Pronto, mas tem de pedir!
Eu (a pensar que me estavam a gozar): -Ai sim? Então e como é que eu adivinho? Vou passar a receber algum SMS do Além ou da própria Senhora Ministra (o que vai dar no mesmo), a dizer que é melhor telefonar para a escola porque no dia seguinte vou ficar doente?
-A Professora está a brincar. Não me está a perceber.
Eu: Não, de facto não estou a perceber. Ora bem, o Senhor chama-me a 15 de Dezembro para me dizer que eu tenho de pedir autorização para ter faltado no dia 5 de Novembro, dia em que eu não fazia ideia que ia estar doente.
-Eu explico melhor, a professora tem de ir comprar um papel ao PBX que diz "Pedido de Autorização para Falta Imprevista" e tem de o entregar agora.
Eu: Ah, bom, estou exclarecidíssima! Portanto vou AGORA comprar um papel para pedir autorização para faltar há um mês atrás...
-Isso.
Eu: Só para ter a certeza que estou a perceber mesmo bem... hoje é dia 15 de Dezembro e eu, hoje, vou pedir autorização para faltar a dia 5 de Novembro.
-Certo!
-Bem, só me resta esperar que o Presidente do Conselho Executivo autorize a minha falta senão eu não posso já ter estado doente, não é?...
-Pois isso não sei, só sei que a Professora tem de entregar o papel.
Eu: Ah bom, ok, o belo do papel! [Ouvem-se ecos dos Gato Fedorento na minha cabeça: Qual papel? O papel! Mas qual papel? O papel!]
*suuuuuuuuuuspiro*

NOTA: Para aqueles que estão FORA do sistema de Ensino português e que julgaram que este post era uma anedota... DESENGANEM-SE!

Reunião #19, #20

Conselho de Turma de Avaliação de final de período: 5ºB, 5ºA

São as duas turmas de 2º ciclo da escola. São duas turmas que ninguém queria e que todos os professores que as asseguram são professores do ensino secundário. A excepção é a colega que lecciona Educação Musical e que é a única com formação específica para 2º ciclo.
As reuniões assemelham-se mais com sessões de terapia do que propriamente com conselhos de turma tal é o desfazamento que sentimos em relação a estes miúdos tão peqeunos e a estas matérias...
O 5º A é enorme, já vai em 28 alunos. 28 pulgas electricas sem autonomia (ou com autonomia a mais para o que não devem). Se me distraio tenho logo 10 em pé atrás de mim....
O 5º B é a turma que tem enormes dificuldades. São muito poucos mas não é uma turma fácil. Mais se assemelha a uma turma de currículos alternativos. Tem miúdos com n repetências (ou abandonos), negativas em barda, uma assiduidade lastimável e muito mais idade do que a 'certa' para 5º ano. Tem inclusivamente miúdos de etnia cigana que não sabem ler nem escrever e que chegaram até aqui porque, decerto, 'já não estavam para os aturar' no 1º ciclo. Lá pelo meio tem também uns quantos 'miúdos normais' (se é que a normalidade existe) que, no meio desta turma também andam perdidos. Mete dó leccionar assim.
5º B: 22 de Dezembro, 14h - 17h
5ºA: 22 de Dezembro, 17h - 19h
Total no dia: 5 horas
Total acumulado: 42h 30m

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Reunião #18

Conselho de Turma de Avaliação de final de período: 7ºA

É a pior turma de 7º ano da escola e das piores que eu já tive em 10 anos de serviço. Aos miúdos nada lhes interessa e aos pais parece que também não. Os problemas disciplinares sucedem-se, o absentismo é mais que muito e o rendimento e o trabalho apresentado é zero...
Tive 6 negativas nesta turma, o que é muito para a disciplina em questão. Perdi a conta aos planos de recuperação (pois só preenchi estes 6 que me diziam respeito) mas pergunto a mim própria se tanto papel terá algum efeito prático...
Total no dia: 3 horas
Total acumulado: 37h 30m

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Reunião #16, #17

Mais dois Conselhos de Turma inúteis...
Se são turmas de Cursos Profissionais e se os 'miúdos' têm uma nota cada vez que terminam um módulo (que nem tem a mesma duração em todas as disciplinas), nem têm todos de o concluir ao mesmo tempo e nem 'vai aparecer' pauta nenhuma, porquê estas reuniões no final de período?!
11ºH: 11 de Dezembro = 2h
10ºN: 17 de Dezembro = 2h 30m

Total: 4h 30m
Total acumulado: 34h 30m

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Fim-de-semana, finalmente!!!


Amanhã há outros trabalhos, outras causas, outros ânimos, outras lutas. Pega-se às 10 da manhã e entra-se pela noite dentro...
Vai ser um dia em cheio! ;)

Os Bancos Alimentares Contra a Fome voltam a apelar à generosidade dos portugueses através de uma nova campanha de recolha de alimentos no fim-de-semana de 29 e 30 de Novembro. A maior acção de voluntariado organizada no nosso País irá mobilizar aproximadamente 20 mil pessoas e vai contribuir para a alimentação de mais de 245 mil pessoas, com comprovadas necessidades, através de 1.618 instituições de solidariedade social acompanhadas ao longo de todo o ano pelos 14 Bancos Alimentares que as abastecem.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Pornografia Infantil, NÃO!


Uno-me, assim, à capanha mundial que declara guerra à pedofilia infantil.

Uma campanha espontânea entre blogs de vários países aproveita a data de hoje, Dia Mundial das Crianças, de acordo com a ONU, para trazer à luz uma parte das teias invisíveis da internet. A ideia surgiu depois de um grupo de blogueiros Espanhóis ter testado e descoberto um fenómeno comum entre eles: nos posts em que usavam como tags (marcadores) o termo "pornografia+infantil" recebiam muitíssimo mais visitas que o normal, mesmo que o conteúdo fosse adverso ao assunto.

Ao perceberem o volume de internautas que pesquisavam, a qualquer momento, por este termo, eles decidiram reunir o maior número possível de escritores na web que aceitassem publicar, nesse 20 de novembro, um texto nos seus blogs contendo a mesma expressão. A diferença é a adição final dela, da breve e contundente palavra "não". Foi o que eu fiz.

Entre 20 de outubro e ontem, a campanha "Pornografia Infantil Não" havia recrutado mais de 940 blogs escritos em oito idiomas, incluindo o português, e já contava com mais de 22 mil posts no sistema GoogleSearch condenando a busca, posse, produção e distribuição de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes. Os textos utilizam ainda outras palavras-chaves favoritas de quem tenta conseguir esse tipo de material, como "angels", "boyboy", "lolitas", "fetishboy" e "preteens".

O jornalista de la Fuente foi responsável pelo arranque da campanha, mas a viabilização da ideia ficou a cargo de voluntários espontâneos do mundo inteiro, que traduziram o cartaz virtual, publicaram vídeos no YouTube e inclusive criaram um grupo na rede social Facebook, hoje com mais de 3.400 membros.

Para participar na campanha, basta escrever um texto contra a pornografia infantil e publicá-lo no seu blog preenchendo, no campo de tags, os termos "pornografia infantil não", "angels", "lolitas", "boylover", "preteens", "girllover", "childlover", "pedoboy", "boyboy", "fetishboy" ou "feet boy". Quem quiser incluir o blog na lista oficial de participantes precisa deixar um comentário neste post com o endereço virtual.


Terra Magazine

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Reunião #14, #15


Conselhos de Turma para redefinição de estratégias (são as minhas duas 'melhores' turmas, pois claro está!)
5ºB: 14:30 - 16:30 = 2h
7ºA: 16:30 - 19h = 2h 30m

Total no dia: 4h 30m
Total acumulado: 30h

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

E esta?! Será para rir ou para chorar?


Ora aqui está um autismo a que acho verdadeiramente piada.
Os professores saem para a rua, aos 100 mil de cada vez, e a reacção é... nenhuma. O (des)Governo considera que o processo de avaliação de Professores está muito bem como está e veio para ficar.
Não se muda nem uma vírgula!...
Os alunos de UMA escola atiram uns ovitos à Srª Ministra e
muda-se de imediato a lei...
Algo vai podre no reino da Dinamarca...
Serão os ovos?

Confusões...

Maria de Lurdes Rodrigues respondeu, quinta-feira passada, às escolas que fizeram chegar pedidos de suspensão da avaliação do desempenho dos docentes. A mensagem da ministra foi clara: "As suspensões não foram autorizadas".
Passou por acaso, pela cabeça da Srª Ministra que as moções apresentadas não eram nenhum pedido de suspensão mas sim comunicações de suspensão?!

Comparações...

Acho muita piada que para se avaliarem os professores se tenha ido copiar um modelo Sul Americano (Chile) mas que para se falar de avaliação de alunos (mais propriamente com o fim das retenções dentro da escolaridade obrigatória) se vá pegar em modelos do norte da Europa (Finlândia)...

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

E fez-se Luz!

Reunião #13


Reunião Geral de Professores
Apresentação da Moção pela Suspensão da Avaliação

14:30 - 16:30 = 2h
Total acumulado: 25h 30m

sábado, 8 de novembro de 2008

E onde mais eu poderia estar?!


quinta-feira, 6 de novembro de 2008

The Freezers Voyeurs


O Meu Frigo é um projecto divertido que, desde 2005, tem vindo a mostrar fotografias de quem gentilmente partilha pro bono as suas intimidades frigoríficas.
O meu (#160) foi apanhado em dia sim (ou mais propriamente mais-ou-menos-arrumadinho) e foi lá parar... Aceitem o desafio. ;)

In Memoriam


Michael Crichton
1942 - 2008


Best-selling author Michael Crichton died unexpectedly in Los Angeles Tuesday, November 4, 2008 He was born in Chicago in October 1942 and graduated from Harvard University 22 years later, before attending Harvard Medical School.

His first book, The Andromeda Strain, was published in 1969 while he was attending medical school. Crichton was most famously known for his book Jurassic Park, which was turned into a film in 1993 directed by Steven Spielberg. The film was at the time the most successful of all time and is currently the 11th-highest-grossing feature film. Crichton also wrote the sequel to Jurassic Park, The Lost World, which was also turned into a film.

He was the author of numerous blockbusters, some of which sold more than 100 million copies, and which were translated in 30 languages worldwide. Through his books, Michael Crichton served as an inspiration to students of all ages, challenged scientists in many fields, and illuminated the mysteries of the world in a way we could all understand. He will be profoundly missed by those whose lives he touched, but he leaves behind the greatest gifts of a thirst for knowledge, the desire to understand, and the wisdom to use our minds to better our world.

Um escritor que "me agarrou" desde que li "Five Patients" em 1996. Muitos mais devorei desde aí: Congo, Sphere, Rising Sun, Jurassic Park, The Lost World, Airframe, Timeline, Prey, e, por último o State of Fear (ainda tenho o Next por ler...) sendo que a maioria deles encontram-se, ainda hoje, entre os meus livros preferidos.
May he Rest In Peace...

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Onde está o Wally?


domingo, 2 de novembro de 2008

Dreams In Colour, o espelho de uma música...

Hugo Ferreira fez há tempos um vídeo para a música "Dreams In Colour" de David Fonseca. Vale a pena ver.


I dream in colours,
I drift in circles,
The falling angels,
The popping bubbles...

I dream in numbers,
I count them backwards,
And I see you waiting at the,
Zero hours, so...

Exploding pumpkins,
The dying flowers,
The bloodsheds turns to
Songs, buildings, towers...

So I sit on your wall,
If I get there first,
I'll drown in your love,
I'll never wake up...
I'll never wake up...

I dream in colours
I dream in colours
I dream in colours

So I sit on your wall,
And I'll get there first,
I'll drown in this love,
I'll never wake up...
I'll never wake up...

René Aubry em Lisboa

Na sequência deste post, informa-se a navegação interessada que René Aubry estará em Lisboa no final deste mês e dará um concerto no auditório do Museu do Oriente, 29 de Novembro, pelas 21:30. O concerto terá a duração de 1h e 30m, sem intervalos, e os bilhetes estarão à venda aqui.
Aubry, que vem divulgar o seu último trabalho ("Play Time"), conta com 15 álbuns no seu currículo, assina a banda sonora de alguns filmes e já compôs para coreógrafos como Pina Bausch, Carolyn Carlos ou Philippe Genty. Realizou a sua primeira em palco no "Festival de Musiques Possibles”, em Itália, com com Philip Glass, Nusrat Fateh, Ali Khan e David Byrne o que, na minha opinião, quer dizer 'alguma coisa'.
A música que vos deixo hoje chama-se Salento e é do álbum "Plaisirs D'amour".

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

A Catedral do Mar, Ildefonso Falcones de Sierra

Século XIV. A cidade de Barcelona encontra-se no auge da prosperidade; cresceu até ao humilde bairro dos pescadores, cujos habitantes decidem construir, com o dinheiro de uns e o esforço de outros, o maior templo mariano conhecido: a Igreja de Santa Maria do Mar, um dos mais belos templos góticos da Espanha. Uma construção paralela à desditosa história de Arnau, o filho de um servo da terra que foge dos abusos do seu senhor feudal e que se refugia em Barcelona.

Cobrindo um período de 64 anos no século XIV, o livro acompanha a história de Arnau, desde o seu nascimento nas terras do senhor feudal, passando pelo refúgio em Barcelona que tornariam ele e seu pai homens livres, a vida pobre e sofrida como cavalariço, bastaix (estivador) e soldado de guerra, até o sucesso e a riqueza como cambista, culminando no baronato que lhe fora oferecido pelo próprio rei Pedro III, o Cerimonioso. Paralela à surpreendente vida de reviravoltas do protagonista, ocorre a construção da Igreja de Santa Maria do Mar , localizada no coração de Barcelona.

Narrada com precisão, a vida de altos e baixos de Arnau Estanyol simboliza a própria época medieval, tão conturbada, alternada por glórias e mazelas – um retrato impressionante de um período de luz e sombras, que seduz o leitor do início ao fim com doses de emoção, entretenimento e História.

Embora ainda não tenha conseguido falar dele, li este livro no fim de Agosto. É uma leitura bonita que me aconpanhou no fim das férias (onde ainda tinha tempo para ler!) mas, depois de se ler 'O' livro com este assunto como motivo principal ("Os Pilares da Terra", de Ken Follett), sentimos que ficamos um pouco aquém do que queríamos. É assim como se fosse uma versão mais simplificada (talvez esta opinião não se sustenha se fôr lido antes do outro) já que não nos apresenta uma tão grande densidade de pormenores como o primeiro.

De qualquer forma, não deixa de ser um livro com muito interesse porque, ao contrário do que acontece nos 'pilares', a Catedral do Mar existe mesmo, é uma catedral gótica lindíssima da era medieval, erguida num bairro pobre de pescadores e estivadores em Barcelona e que, tal como o livro retrata, foi mesmo construída por eles sob a orientação de um arquitecto real (Berenguer de Montagut). Há muitos pormenores que são rigorosos historicamente, a duração da constução (55 anos) as condicionantes da vida dos servos daquela altura, a peste, a sentença da mãe de Joan, a 'guerra do trigo', etc. e acho que 'essa realidade' ajuda muito a 'superar' o facto de o livro não ser tão desenvolvido como o outro. O próprio rapazito cuja vida o livro acompanha (Arnau Estanyol) também existiu embora, claro, os acontecimentos estejam ficcionados.

O lançamento do livro foi acompanhado pelo desenvolvimento dum site cuja consulta ajuda muito a situarmo-nos visualmente nos acontecimentos já que apresenta fotografias da catedral e é enriquecido com outros detalhes. Aconselho o passeio: http://www.acatedraldomar.com.br/


quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Reunião #12


Reunião #1 de Departamento
Ordem de Trabalhos: Informações, Avaliação de Professores

16h - 18h = 2 horas
Total acumulado: 23h 30m

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Reunião #11


Reunião com a Vice-Presidente do CE
Acerto de Critérios de Avaliação dos 5ºs anos

16h - 18h = 2 h
Total Acumulado: 21h 30m

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Delícia!


Acabei de me lembrar que este fim-de-semana muda a hora e vamos dormir mais uma!
De Sábado para Domingo vai ser um fartar de vilanagem!
Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Chapéu de chuva para os pés...

Há gente para inventar tudinho... Basta ficar sentado e ver estas coisas aparecer!
Então digam-me lá que nunca vos aconteceu ficar com algum par de sapatos estragado ou com os pés ensopados de todo graças a uma carga de água inesperada?!
Pronto, é como vos digo. Isso acabou-se!
A designer Rebecca Miller, fartinha que isto lhe acontecesse, resolveu criar um novo acessório (um tipo de calçado, umas galochas, ou lá o que lhe queiram chamar). Qualquer coisa, enfim, que fosse adaptável ao tamanho dos nossos pés, calçados.
A partir de agora, mulheres, já podemos combinar esta necessidade de proteger os pés duma molha com o nosso capricho de usar uns sapatos jeitosos no emprego ao invés de ter calçadas umas galochas foleiras todo o dia só porque chovia torrencialmente quando, de manhã, saímos de casa. Atenção que 'isto' não é um sapato nem substitui os mesmos. Tem de ser usado por cima do ditos!
O nome lá das coisa-e-tal?! ? Simples... Shuella (shoes + umbrella). Fácil, não?
'Ele' há de tudo...
;)
PS- É claro que, se pensarmos bem, há certas zonas da cidade de Lisboa onde um par de 'coisos destes' nos daria um certo jeito mesmo em dias de sol, no estado em que encontramos alguns passeios mas, nesse caso, o que faríamos com eles, no regresso, à porta de casa?

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Austen x muitos...

Ao tempo que queria ter feito um post sobre a Jane Austen e nada melhor que agora que me encontro a rever tudo o que é série e filme adaptado dos 6 únicos livros que ela escreveu*1 para o fazer.
A Jane viveu entre 1775 e 1817 e, segundo a Wikipédia,
é considerada como a figura mais proeminente da literatura inglesa depois de Shakespeare. Esse tipo de considerações são para mim completamente irrelevantes já que leio os escritores que gosto e porque me dão prazer e não para fazer figura com belos nomes sonantes ou riscar nomes em listas. Tivesse a Jane Austen escrito mais uns 20 ou 30 livros e eu nunca teria pegado num Shakespeare sequer… O dito que me desculpe.
Bom, seguindo. Em miúda (acho que já posso dizer “em miúda” tendo em conta que já passaram uns 25 anos, não?!) li três livros dela e fiquei completamente fascinada… Na altura andava lá pelo 11º ano e com “Os Maias” a reboque. Habituada a ler, não era das que se ficassem pelos livros obrigatórios da escola (e muito menos por aqueles resumos ‘pretos e amarelos’ a que a maioria dos meus colegas recorria) e não foi coisa que me custasse mas lembro-me perfeitamente de fazer um comparativo entre estes dois autores. Sobretudo porque me irritava solenemente que em vez de aprofundar as pessoas e as situações, o Eça me fizesse perder tanto tempo com quadros, tapetes e cortinados quando o que eu queria era saber outros pormenores. Ai, adolescência impaciente!
Nenhuns dos floreados do Eça me fizeram falta nos “Orgulho e Preconceito”, “Sensibilidade e Bom Senso” e “Persuasão”. A Jane não precisa de me descrever roupas e nem sequer de me dizer de que cor são os cabelos das suas heroínas para que estas se tornem imortais na minha imaginação. Aquelas mulheres existem! Com e sem espartilho, com as botas sujas de terra ou com sapatinhos de cetim, com defeitos ou sem eles. Existem!
As histórias nunca deixam de ser interessantes, as situações e os dilemas com que as personagens se deparam são até, de certa forma, muito actuais e mais, as cenas de amor não são lamechas e as tragédias não são de ‘baba e ranho’ (ao contrário da maioria dos livros ‘do género’ que hoje se vendem e de cujos autores eu nem vou falar para não estragar este post! Lol). Tipicamente inglês ou não até encontramos algum humor presente em muitas passagens.
A sensação com que fico é que a Jane Austen se divertiu bastante a escrever os seus livros e ainda bem que o fez porque é assim que gostamos deles. Só é pena que tenham sido tão poucos.

Graças à generosidade de umas amigas inestimáveis que se lembraram de assinalar de modo enfatizado o meu 40º aniversário tenho agora os outros 3 livros que me faltava ler bem como cópias de todas as adaptações ao cinema e televisão dos livros desta escritora.
Sempre que me apeteça posso embrulhar-me no sofá e deliciar-me com um qualquer Austen em papel ou em Dvd…
Muito Obrigada A, A, A, e C.



*1 Na realidade foram 6 livros (sendo 2 póstumos), uma peça de teatro, uns livritos de contos escritos no início da carreira e dois romances incompletos.

sábado, 18 de outubro de 2008

Sábado

Hoje não há cá testes diagnósticos, não há planificações a longo ou médio prazo, não há cá planos de aulas, não há fichas de trabalho, não há avaliações de desempenho.
Hoje é sábado e o que há é família!
O M. foi à pesca com o pai pois andava há tanto tempo a pedir e a M. vai ficar nos miminhos da mãe. Vamos as duas apanhar uma barrigada de Annas de cabelos ruivos.
Viva o sábado!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Reunião #9, #10


Conselhos de Turma
5ºB (3ª parte): 14:30 - 16:30
5ºA (2ª parte): 16:45 - 18:15

Total no dia: 3h 30m
Total acumulado: 19h 30m

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Smiling and dancing all over the world...

Um vídeo só para dispôr bem!
Como uma ideia pode ser tão simples....
Where the hell is Matt?! - Um tipo simpático a sorrir e a dançar pelo mundo fora só porque sim... Um americano que provavelmente faz mais pelas relações internacionais que a própria a administração Bush...
Adorei principalmente a parte em que ele acerta o passo com as "Bollywoodescas"! lol
Um dia bom para vocês!
:)
PS-A música do vídeo tem como título "Praan", é do compositor Garry Schyman e a letra encontra-se aqui.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Mais uma...


A semana que passou foi o caos. Um vislumbre na demência em que se vai tornar cada ano lectivo...
Acumulei as 26 horas de aulas semanais que dou com 6 reuniões que perfizeram 12 horas e meia. Resolvi contabilizar o meu trabalho lectivo pela primeira vez em 9 anos. Saí-me mal. Dei conta que trabalhei 48 horas e meia durante a semana e mal vi os meus filhos já que nunca cheguei a casa antes da 8 e meia da noite...
Julgam que fiz muito? Com aulas para preparar para 7 turmas (que na prática são 10 porque a 3 eu dou duas disciplinas diferentes), de 4 níveis, posso dizer que, no fundo, no fundo, não realizei trabalho nenhum de jeito.
Quem sofre com estas ausências são sempre os miúdos, claro.
Para o fim da semana resolveram tomar uma atitude. Na 6ª feira à noite entram de colchões, almofadas e sacos cama pelo meu quarto a dentro e toca de montar acampamento junto ao lado onde me deito.
-Se não podes estar connosco acordada temos de ficar juntos a dormir! - Comunicaram-me
Ninguém os arrancou dali até domingo quando lhes disse que no dia seguinte havia escola cedo e eles tinham de descansar melhor o seu belo corpinho numa cama mais fofa.
-Na próxima 6ª voltamos, não julgues que te escapas!
Tenho miúdos com ideias próprias :) Por aqui improvisa-se!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Reunião #8


Conselho de turma: 5ºB
Sendo uma turma com muitos "casos complicados" tem 'direito' a continuações já que na anterior não saímos de meio do primeiro ponto da ordem de trabalhos: as informações.

18:00 - 20:30 = 2h 30m
Total acumulado = 16h

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Reunião #5, #6, #7


Conselhos de Turma para elaboração de PCTs
5ºA 14:30 - 16:30 = 2 horas
5ºB 16:30 - 18:30 = 2 horas
7ºA 18:30 - 20:30 = 2 horas
Total no dia: 6 horas
Total acumulado: 13h 30m

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Reunião #4


Conselho de Turma: 7ºC
Turma ainda sem director de turma e professor de Língua Portuguesa colocado. Reunião dirigida e caracterização da turma feita por um docente (voluntário) da turma.
18:00 - 20:00 - 2 horas
Total acumulado: 7h 30 min

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Reunião #3


Conselho de turma: 7ºB
Caracterização da turma.
Elaboração do Projecto Curricular de Turma.

18:00 - 20:00= 2 horas
Total acumulado: 5h 30m

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Reunião #2


Conselho de turma: 11º H
Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância.
Caracterização da turma, Carga horária dos módulos a leccionar e Critérios de Avaliação dos Cursos Profissionais.

18:00 - 20:00 = 2 horas
Total acumulado: 3h 30m

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Reunião #1


Conselho de turma: 10º N
Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância.
Caracterização da turma, Carga horária dos módulos a leccionar e Critérios de Avaliação dos Cursos Profissionais.

15:30 - 17:00 = 1h 30 m

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Reuniões...


Com 7 turmas (que na realidade são 10 pois a 3 eu dou duas disciplinas com programas e critérios de avaliação diferentes) de 4 níveis de ensino e 26 horas lectivas, este ano promete ser prolífero em reuniões...
Vou dar início à rúbrica "Reuniões" só para contabilizar algum do tempo que, este ano "dou" à escola...
Sempre com a mesma ilustração, ACadeira de Van Gogh, uma tela a óleo com 91,8 x 73 cm, pintado em 1888.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Chegou o Outono!


E entrámos numa nova semana...

Os livros de ponto continuam sem relações de alunos...
Os livros de ponto continuam sem fotografias...
As listagens das turmas continuam a actualizar-se todos os dias mas ninguém as recebe...
Os miúdos continuam sem saber ao certo qual é o seu número...
Os horários dos miúdos continuam a mudar...
Os miúdos continuam sem saber para que salas se deslocar...
Os horários dos professores continuam a mudar (eu já vou no 3º)...
O meu horário continua com 5 blocos de 90 minutos às 6ªs feiras...
O Presidente continua de férias...
Nada de novo, portanto.

Ah! Chegou Outono!!!
Como? É só às 16:44?!
Pois... eu sabia que haver qualquer novidade boa era bom demais.
;)

sábado, 20 de setembro de 2008

Já seria de esperar...

... que vida de contratado tem a constante da mudança. Isso pode não ser negativo. Às vezes...
O que eu não queria esperar é que a mudança fosse sempre para pior.
O 'inesperado' acontece sempre e este ano a surpresa é a desorganização total.
Dou aulas desde 99 e vou na 'minha' 6º escola. Nunca me deparei com nada assim.
Fotos dos alunos nos livros de ponto ainda não existem.
A relação dos nomes, nalgumas turmas, idem. Só tem vindo às aulas quem quer pois se eu não lhes conheço as caras nem sei se a turma acaba no 24, 25, 28 ou em outra numeração qualquer, vou marcar falta a quem?!
Conselhos de turma para o 3º ciclo não estão marcados. Só para os cursos profissionais.
Reuniões de Departamento idem. Só sei que o meu grupo tem 3 pessoas. O departamento não conheço.
Caracterizações de turma para realização de PCTs não existem.
A avaliação de professores indica que se façam testes diagnósticos para posteriormente poder constar no nosso relatório a evolução dos alunos... Isso é tudo muito certo se houvesse fotocópias... Ora com 7 turmas x +/- 24 alunos eu não vou tirar fotocópias do meu bolso.
Fui apresentar-me e o presidente do conselho directivo está de férias (por isso é que os professores não têm código para tirar fotocópias...)
Tenho 4 níveis. Três 7ºs anos, um 10º e um 11º anos de cursos profissionais e... ganhei o bónus de ter dois 5º anos. Ora eu não só não tenho habilitação para dar 5ºs anos (será isto a maximização da rentabilidade da formação dos docentes?!) como a colega que dá a disciplina comigo (é uma disciplina dada com par pedagógico) é professora de secretariado dos cursos profissionais e do ensino nocturno e ainda por cima tem uma capacidade auditiva reduzidíssima...
Se eu só desse aulas ao secundário deveria ter um horário de 20 horas lectivas. Se só desse básico deveria ter 22 horas lectivas (Artº 77 do ECD*). Fui colocada num horário de 22 horas e chego à escola e afinal são 26 horas lectivas! Dou básico e secundário e tenho 26 horas!
Está também visto que na realização do meu horário foi completamente assegurado o necessário equilíbrio global para garantir um elevado nível de qualidade ao ensino (Artº 78 do ECD) já que para além de 4 níveis e 4 disciplinas diferente, à 6ª feira eu dou 5 blocos de 90 minutos seguidos quando a lei diz que é vedada ao docente a prestação diária de mais de cinco horas lectivas consecutivas, ou seja, 3 blocos de 90 minutos. Mas pronto, tenho uma hora de almoço e devem achar que é descanso suficiente depois dos 3 blocos da manhã e antes dos dois da tarde. Esse intervalo de uma hora deve servir para se interpretar que as 8 horas não são seguidas...
Ontem foi 6ª feira. Entrei às 8:30 e saí às 17:45. Ainda só fiz apresentações (que são aulas mais informais) e já cheguei ao fim do dia tipo zombie. Quero ver para a semana, quando já começar a dar aulas/matéria 'a sério', como é que vai ser. Devo ter a "carrinha branca equipada com um colete de apertar atrás" à minha espera, à saída, não?
Também gostava de saber com 26 horas lectivas onde é que vou arranjar tempo para preparar aulas para 4 níveis diferentes?!
Tenho a noites todas? Ah pois é, tinha-me esquecido... deixar de dormir é sempre uma hipótese.
Desorganização total é o que vos conto...
Mas pronto, a Srª ministra pode encher a boca e dizer que o ano começou em todas as escolas.
Pois sim... Nestas condições eu não sei é como é que vou chegar ao Natal quando mais ao fim do ano...

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Mas será possível?!

Dezassete. Dezassete semáforos é o que eu apanho nuns míseros kilómetros entre Coina e o Barreiro, via Palhais, Sto André and so on...

Isto tendo em conta que tenho 100% de probabilidades de apanhar pelos menos três deles fechados dá como resultado que levo quase 30 minutos para fazer uma distância tão curta...

Dezassete! DEZASSETE! Não tinham mais sítio nenhum para os pôr, não?!
E isto já para não falar de umas 5 passadeiras-zebras extras (fora destes semáforos) onde ainda também posso vir de ter de parar...
PS-Hoje voltei a contá-los e afinal são DEZOITO!!!
Não vão continuar a aumentar, não?! :P

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

2008/2009

Readapta-se a família ao novo ano lectivo...
Este ano os dois pais têm horário misto mas predominantemente de manhã o que significa que a mãe não consegue assegurar a saída da escola e o almoço pois tem dias que dá aulas seguidinhas das 8:30 da manhã até às 4 da tarde e, às 6ªas é mesmo das 10 da manhã às 17:45... Recorre-se ao colégio onde os miúdos andaram desde pequenitos já que o tão anunciado complemento de horário para as escola primárias públicas afinal é pago e está sujeito a um número muito limitado de vagas na escola da M. e simplesmente não existe devido a falta de espaço (salas) na escola do M... Ainda vamos tentar transferir a M. para a escola do mano (pois ela está a 4km numa escola do mesmo agrupamento) que assim, pelo menos, deixávamos os dois às 8 da manhã no mesmo sítio.
Os miúdos estão entusiamados com o fim das férias e o recomeço das aulas (só mesmo eles!). Anseiam sobretudo pelo intervalinho do meio da manhã onde brincam (ela) e jogam futebolaças (ele) com os amigos.
Os pais ainda andam assim a modos que anestesiados a tentar organizar-se entre a vida familiar e a papelada que têm de organizar para o início do ano lectivo.
Novos horários, novas escolas, novas turmas, novas disciplinas, novos documentos, nova legislação...
Prevê-se que 'tempo' vai ser o que não há-de sobrar muito por estes lados.
Blog às moscas... portanto...

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Mudam-se os anos... muda-se a paisagem...

Depois de um ano muito florestal, com a Reserva da Apostiça como percurso diário, uma escola que me ficou no coração, com um meio envolvente fantástico e a praia de Sesimbra como escape de fim da tarde eis que passei a ter o Rio como paisagem.



O horário é 'pesadote': tenho 26 horas lectivas distribuídas por 7 turmas, 4 níveis de ensino (5º, 7º, 10º e 11º) e 4 disciplinas diferentes, acrescidas ainda de horas no Clube de Jornalismo e no Clube de Fotografia. Continua portanto a haver quem pense que os professores chegam à escola, 'debitam' as aulas e está o trabalho feito (ainda estou para ver onde é que vou arranjar tempo para preparar as mesmas)...
De qualquer modo, agora 'que o tenho na mão' e que estou livre dos receios anteriormente mencionados (que não se concretizaram) estou muito feliz porque é um horário completo (o que significa mais tempo de serviço e um ordenado melhor), está muito 'bem arrumado' (sem furos despropositados) e, depois do choque institucional inicial, achei as pessoas simpáticas.
Que estranho é ter sempre um ano a começar em Setembro!
:)

And the winner is...

Quem, no post anterior, apostou 17Km e 250 metros 'na ida' e 16Km e 500 metros no regresso!
O ViaMichelin 'dá', de facto, 15km mas deve fazer assim uma 'aproximação aproximada' desde a saída de uma localidade até ao centro da outra...
:)

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

*suspiro*

E depois de uma noite mal dormida em que as listas da 1ª colocação cíclica estiveram "no ar" por breves segundos e foram, de imediato, retiradas por apresentarem erros, eis a escola que me saiu na rifa...
De positivo tem que é um horário completo e anual. De negativo só mesmo a distância e a perspectiva negativista de que terei os betos da zona (é "o" Liceu da cidade). Para não falar no pressentimento de ter de leccionar a tão famigerada Geometria Descritiva...

Aceitam-se apostas para a distância que terei de percorrer entre as duas bolas vermelhas ali no mapa abaixo.



quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Prendas

Para trabalhar e para andar enfiado na mala sem ninguém dar conta.
Nem o meu ombro, claro!
Brigada, mãe. ;)

Na fronteira franco-suiça, num laboratório subterrâneo (CERN - Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire) "repousa" a maior máquina alguma vez construída pelo homem: um gigantesco acelarador de partículas com 8 quilómetros e meio de diâmetro e que forma um círculo com quase 28 quilómetros: o Large Hadron Collider.
O LHC começará a realizar hoje a já considerada como a mais importante experiência da história da humanidade. Uma experiência que está em preparação há vinte anos e que tem um custo estimado em mais de 3 bilhões de euros. Partículas de protões serão atiradas umas contra as outras quase à velocidade da luz e a libertação maciça de energia causada pelo choque das mesmas simulará as condições após a explosão que deu origem ao universo.
O objectivo da experiência é o de observar do que o universo se constituía bilionésimos de segundo depois do Big Bang mas, devido à complexidade do processo, a Cern ainda não sabe como será o dia 10...
Brinquem, brinquem.

sábado, 30 de agosto de 2008

E tal como em todas as outras semanas...

... o Euromilhões foi parar às mãos de um desconhecido qualquer.
O Sr. desconhecido vai chegar à escola e deparar-se com um horário de três turmas de 7º, duas turmas de 8º, três turmas de 9º e uma direcção de turma. Não sei se achará muita piada a tantos níveis quando conhecer verdadeiramente os miúdos...
Estou chateada porque é a primeira vez que queria verdadeiramente ficar na mesma escola. Estou chateada porque queria os 'meus meninos' outra vez. Vou ter saudades do meu 7ºC. Vou ter saudades do que não farei com a I. Da paisagem que não terei. Do caminho que não percorrerei. Vou ter saudades do futuro.
Restam-me as colocações cíclicas que me arrastarão sei lá para onde. E isto que a Srª ministra não tiver decidido acabar com elas de vez e passar apenas à oferta de escola onde andarei de porta em porta com um currículo de 10 anos atrás pedir batatinhas...
Já nem sei porque me ralo se é o mesmo todos os anos. Ao fim de 10 já devia estar habituada.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Desejos...

402722...

Era o 'meu Euromilhões' para esta semana.
Não queria mesmo mais nada (hoje, claro!)
Lá se foi o tempo em que dia 29 significava 5 minutos após a meia noite do dia 28.
São quase 5 da tarde e resultados nada... Oh Milú, tás a falhar, minha! Olha lá a avaliação!
Que raiva! Quem é que me livra desta ansiedade?!

10 da noite e nada... Brincar com a vida dos outros é giro...

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Mitos urbanos


Aqui há pouco tempo disseram-me que conduzir de 'chinelos' (ou com qualquer calçado que não contornasse o tornozelo) dava multa.
Duzentos e cinquenta euros, afiançavam-me!
Eu até acreditei. Ao ponto a que as coisas chegaram neste país, achei verosímil a existência duma tal disposição legal.
Com valor atribuído e tudo o que é que queriam?! E se até tinha acontecido a uma amiga...
De qualquer modo, como sou teimosa (para não dizer pior) resolvi procurar mais informação... Isto porque eu até ando com a bela da chinela por aqui. E este ano até é fucsia para condizer com a minha canochita 'mais-que-tudo', viciada em tudo o que é rosa.
Respira-se de alívio por aqui... Ao menos esses 250€ não me levam!

Hoje é o tal dia...


Aquele pelo qual espero todos os anos e que dita a minha vida no ano seguinte.
Aquele em que ninguém me pode dizer nada sem que leve uma resposta que não tem nada ver com o que me perguntou... (aproveitem!)
Aquele em que eu passo o dia a abrir a net de 5 em 5 minutos com receio que 'saia alguma coisa' antes da meia noite e eu sem saber...
Falta muito para amanhã?

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Uma semana

Uma semana no sul só para gozar os pintinhos e o +1, desanuviar a cabeça, descansar e ler. Uma semana para desligar e não pensar no dia 29 (em que saem as colocações).
Este ano tenho lido muito pouco. Ainda nem aos 20 cheguei quando tenho anos que passo dos 30 livros. Para 7 dias de férias só vou levar 3 comigo:
*The Tea Rose, Jennifer Donnelly (592 pags)
Nada de leituras complicadas. Só mil e trezentas páginas para entreter um pouco, debaixo do chapéu e com o 50+ (sim, os 'banhos de sol' e eu não combinamos lá muito bem) enquanto os miúdos gozam as delícias duma piscina grande...
Até já.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Pérolas #2

A Terra vira-se nela mesma,
e esse difícil movimento chama-se arrotação.

sábado, 2 de agosto de 2008

O que eu queria mesmo, mesmo...

Era dar assim um salto para o dia 29, "sem passar na casa de partida e sem ganhar 2 contos". Isto porque, tal como há dez anos para cá, chega o mês de Agosto, entra tudo em férias e eu entro no desemprego...
Gostei muito da escola onde estive colocada este ano e gostava de lá voltar a ficar. O espaço físico é muito bonito, miúdos fáceis e difíceis sempre haverá em todo o lado e, pela primeira vez em 10 anos, tenho uma colega de departamento com quem posso ter 'conversas de jeito', sobre tudo e sobre nada (leia-se 'de trabalho e o que mais nos apetecer) sem me sentir julgada.
Como tal, até saber se e/ou onde ficarei para o ano que vem, Agosto arrastar-se-á indeterminavelmente...
Consolam-me os meus pintinhos que estão cada vez mais lindos (e grandes) e cujo amor que me retribuem é imensurável e o meu +1 cuja presença ocupa já quase metade de toda a minha vida.
Ah, e já agora também queria riscar o dia 21 do calendário, ok? Sim que isto de entrar nos 40 tem que se lhe diga!
:p

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Pérolas #1

O cérebro humano tem dois lados,
um para vigiar o outro.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

"Aula" de hoje:

Ou o teu Departamento curricular 'tem peso' junto do Conselho Executivo ou jamais passarás do Bom.
Escrevam...
;)

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Os meus dias...

...quando não tenho serviço na escola...
:P

quarta-feira, 9 de julho de 2008

O Regresso, Victoria Hislop

Chegará às livrarias a 14 de Julho, 'O Regresso' de Victoria Hislop.
Depois de 'A Ilha', publicado em 2006, esta jornalista volta, desta vez, com a Guerra Civil Espanhola.

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Parabéns Marc Chagall!

Weeeee, um viva para o senhor Moishe Zakharovich Shagalov que faria hoje 121 anos de vida!
Obrigadinha, ó Google, por não nos deixares esquecer. :)




The Promenade, 1917.
Óleo sobre tela
State Russian Museum, St. Petersburgo, Russia)



O estilo romântico e alegórico é típico de Marc Chagall. As suas obras são visões místicas e sonhadoras, repletas de símbolos e referências à educação judaica tradicional que Chagall recebeu na Rússia. A natureza da grande maioria das suas obras é indefenível, enigmática, remetendo para o mundo dos sonhos e do subconsciente. Tendo vivido em Paris entre 1910 e 1914, foi inicialmente inflenciado pelo Cubismo, mas manteve um estilo único, desafiando a categorização da sua obra em qualquer movimento artístico. Foi um artista incrivelmente prolífero e talentoso, produzindo vitrais, mosaicos, tapecarias e cenários, além sa sua extensa obra de pintura. Marc Chagall nasceu em Vitebsk (Bielorrússia) em 1887 e morreu em Saint Paul de Vence (França) em 1985.

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Vendo...

...Relatório de
Auto-Avaliação de Desempenho.
Professora-cobaia do processo
de avaliação de professores,
vende relatório pela melhor oferta.
;)

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Euro 2008 - Y viva España!

Que Viva España
La gente canta con ardor
Que Viva España!
La vida tiene otro Sabor
Y España es lo Mejor!
Que España es la Mejor!
Olé!

quarta-feira, 25 de junho de 2008

*suspiro*

Porque é que os miúdos empenham-se cada vez menos, sabem cada vez menos e as minhas reuniões são cada vez mais e maiores?
Ontem, só para três reuniões, estive 9 horas sentada... NOVE HORAS...
Hoje tenho mais duas. Lá vou estar sentada das 13 às 19h. Se ainda me dói 'a almofada' como é que vou aguentar com mais as 6 horas de hoje?!

quinta-feira, 19 de junho de 2008

O país a saque...

Talvez haja quem ainda não se tenha apercebido que sete mil militares da GNR (sim, leram bem são mesmo SETE MIL) estão destacados para guardar e entregar os Exames Nacionais do Secundário que começaram na 2ª feira.
Para garantir a igualdade de acesso a todos os alunos os exames não podem ser guardados nos cofres das escolas e por isso todas as manhãs (e tardes em que há exames), lá segue a carrinha da GNR, fortemente armada, a entregar os envelopes ao Secretariado de Exames de cada escola que os realiza...
Os envelopes são plásticos e selados a quente, cada um com 20 exames dentro, com folha de registo de quem embalou e controlou e relatório de quem (já na sala de aula e à hora certa) recebeu e abriu o envelope... não vá ter-se 'perdido' algum pelo caminho e lá se ia a igualdade de acesso...
Esta situação tem quase laivos de anedota já que é, de facto, a maior operação do ano realizada pela GNR que, nesses dias, tem MESMO de se dirigir aos locais estabelecidos e A HORAS.
Os gangues ainda não perceberam que a estas horas o país fica a saque ou que abalroar uma única dessas carrinhas se tornaria num desastre nacional... Tch tch...

terça-feira, 17 de junho de 2008

1.6 milhões de euros...

...é quanto o país vai gastar para corrigir os cerca 326 245 exames nacionais do Ensino Secundário que começam hoje a ser realizados.
Em ano de eleições imagino que isto seja uma grande despesa. De certo que, nessas circunstâncias 'a nossa ministra' irá arranjar uma forma brilhante e menos dispendiosa de os corrigir... Assim tipo mandá-los escada abaixo por um qualquer lanço de 20 degraus da Assembleia da República, não?
Não sei aliás é como é que ela ainda não se lembrou de criar uns Centros Oficiais (exclusivos) de Explicações, patrocinados pelo seu Ministério, já que é sabido que com mais de 257 mil alunos propostos para exame, os níveis de ansiedade fazem os jovens recorrer, intensivamente a este serviço privado, nesta altura do ano, para os pais terem paz de espírito e o assegurarem aos seus descendentes.. Com sessões individuais e/ou mensalidades que oscilam entre os 50 e 500 euros vejam lá o que ela iria encaixar!

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Tremoço!

"Os tremoços são as sementes das plantas fabáceas conhecidas como tremoceiro, pertencentes ao género Lupinus e usadas na fixação de azoto nos solos. A sementinha, de cor amarela, não tem aproveitamento agrícola e é geralmente vendida em jarras ou potes e em conserva, salgados, para serem consumidos frescos como petisco ou aperitivo". Isto é o que diz a Wikipédia mas fica muito aquém de fazer justiça ao Sr. Tremoço!

Pois saibam que o tremoçeiro é o melhor fertilizante das terras de agricultura. No nosso país muitos dos homens que cavam a terra, não sabem o que é isso do nitrogénio, mas sabem que a seguir à colheita da batata o que se semeia é tremoço! E porquê? Ora, porque sim, pronto! Quando o tremoceiro está em flor arrancam-se da terra, cavam-se valas e enterram-se os ditos no solo que ficará assim enriquecido de nitrogénio.

Outra coisa que a Wikipédia não sabe (ou não diz porque 'não interessa saber') é que o tremoço tem mais cálcio e mais proteínas que o leite, não é um sub-produto dos antibióticos e anabolizantes que as vacas recebem, não contém litros de água oxigenada utilizada para neutralizar os anteriores e, consequentemente, é muitíssimo mais saudável.

À 'dieta' cá de casa (da qual não faz parte o leite), juntar-se-ão agora, em mais quantidade, os tremoços, pois!

quinta-feira, 12 de junho de 2008

10 litros de gasóleo...

... foi tudo o que o meu +1 conseguiu arranjar, ontem, por volta das 11 da noite e depois de um dia muito cansativo.
O 'meu' carro já não podia deslocar-se sozinho à bomba sob o risco de ficar por aí parado se tivesse de andar a dançar o tango entre uma e outra estação de serviço e ele aproveitou para pôr gasolina no carro dele e trazer um jerrican* (linda palavra! lol) com 'alguma coisinha' para mim.
Oh, que rica prenda! Tenho gasóleo para ir trabalhar hoje e amanhã e para se precisar ir a algum lado no weekend... Para a semana logo se verá...
* Jerrican - O jerrican foi inventado pelos italianos em África e adoptado pelo exército alemão, na 2ª guerra, como contentor de combustível. Feito em metal resistente, com três pegas para um manuseamento mais fácil por uma ou duas pessoas e com um bolsa de ar que lhe permitia flutuar, o jerrican era de uma qualidade superior em relação aos contentores dos aliados. Estes preferiam usar os que capturavam aos alemães em vez daqueles que fabricavam. Chamavam-lhe Jerry Can (Jerry=Alemão; Can=lata, vasilha) ou a lata dos alemães. Os alemães, esses, claro que tinham para o dito contentor um nome muito mais fácil: Wehrmachtskanister! Ora pois!

Pim


Há vitórias que dão tabalho!
Primeiro lugar no Grupo A.
Está garantida a presença nos quartos de final!

7 minutos: Numa jogada conduzida por Cristiano Ronaldo, tabela com Nuno Gomes, Petr Cech consegue a defesa, mas Deco surge na recarga para marcar o primeiro...
63 minutos: Ronaldo marca golo depois de um grande passe de Deco a servir o extremo da melhor forma...
90 minutos+1: Quaresma faz o terceiro golo numa jogada de contra-ataque...

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Olha que lindo...

Hoje já não tive carro para ir trabalhar.
Com o fim de semana, o feriado e o facto de, cá em casa, mal vermos televisão, não me apercebi nem da gravidade da situação nem do ponteiro do depósito...
Hoje de mahã, quando saí, andei de bomba em bomba. Gasóleo nicles...
Antes que ficasse empanada de vez acabei por voltar a casa pedir ao +1 que me levasse no 'carro dele' à 'minha' escola. No regresso lá me arranjaria. E assim foi.
Amanhã estamos na mesma. Transportes públicos e 4 km a andar.
Oh, que rica vida!
Se a situação continuar para a semana quero ver como vai ser com os exames nacionais do secundário...

Counter

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP