sexta-feira, 13 de junho de 2008

Tremoço!

"Os tremoços são as sementes das plantas fabáceas conhecidas como tremoceiro, pertencentes ao género Lupinus e usadas na fixação de azoto nos solos. A sementinha, de cor amarela, não tem aproveitamento agrícola e é geralmente vendida em jarras ou potes e em conserva, salgados, para serem consumidos frescos como petisco ou aperitivo". Isto é o que diz a Wikipédia mas fica muito aquém de fazer justiça ao Sr. Tremoço!

Pois saibam que o tremoçeiro é o melhor fertilizante das terras de agricultura. No nosso país muitos dos homens que cavam a terra, não sabem o que é isso do nitrogénio, mas sabem que a seguir à colheita da batata o que se semeia é tremoço! E porquê? Ora, porque sim, pronto! Quando o tremoceiro está em flor arrancam-se da terra, cavam-se valas e enterram-se os ditos no solo que ficará assim enriquecido de nitrogénio.

Outra coisa que a Wikipédia não sabe (ou não diz porque 'não interessa saber') é que o tremoço tem mais cálcio e mais proteínas que o leite, não é um sub-produto dos antibióticos e anabolizantes que as vacas recebem, não contém litros de água oxigenada utilizada para neutralizar os anteriores e, consequentemente, é muitíssimo mais saudável.

À 'dieta' cá de casa (da qual não faz parte o leite), juntar-se-ão agora, em mais quantidade, os tremoços, pois!

5 Sementes:

Witchie 9:04 da tarde  

Cenourinha, estou a ler um livro de que ias gostar muito, a julgar por este post. É o "Omnivore's Dilemma", do Michael Pollan, e é muito, muito interessante!
Se fores ao Youtube encontras umas palestras do senhor, para ter uma ideia. Espreita!

Beijoca *
Mariana

Cenoura 9:38 da tarde  

:)
Vou procurar sim.
Eu comprei aqui há uns anos o 'The Botany of Desire' desse senhor mas, infelizmente tive a triste ideia de o emprestar, ANTES de o ler, a um fellow BookCrosser que nunca mais deu notícias e fiquei sem ele.
Agora quanto a dilemas eu cá não tenho muitos... Peixe só de mar, carne só biológica (e mesmo assim nunca em mais de 3 das 'grandes' 14 refeições semanais) legumes e frutas com fartura.
Não sou vegan, não sou vegetariana, não sou crudívora. Aponto assim lá mais para os cuidados da macrobiótica sem a grande rigidez do que isso representa.

However há duas coisas que não consigo comer... Dióspiros e couves de Bruxelas.

Jocas, bruxinha, até breve e depois fala-nos lá mais desse livrinho. Eeu procurarei a tua JE no BC se o tiveres registado por lá ;)

Tânia 5:04 da tarde  

O que eu já aprendi hoje :)

NCD 3:26 da tarde  

Adoro diospiros e couves de bruxelas!
E gostava de saber como é que pensas consumir os tremoços... queres dar umas ideias?

llyra 2:43 da tarde  

Nitrogénio, que em português se chama Azoto. Espanta-me que os agricultores não saibam porque é que esses "truques" funcionam mesmo! ;)

Counter

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP