sábado, 24 de junho de 2006

Sangria

Amante inveterada de refrigerantes, quem me conhece sabe que sou pouquíssimo dada a bebidas alcoólicas.
Raramente me convencem e têm de ser doces.
Principalmente moscatel (Ai o 'Montecristo' branco de Corella, Navarra! Ai o Moscatel roxo do JMF de Azeitão!!) e licores (Safari, Baileys e afins, Amêndoa amarga, etc) e com gelo.
Champagne só Asti. Cerveja e vinhos só... com gasosa. Mesmo aqueles vinhos ditos 'de mulheres' como os rosés e os verdes... nada me convence. Quem me tira uma coca-cola light com gelo e limão tira-me tudo.
Mas chega a esta altura do ano e outra bebida toma lugar no meu coração (no meu copo e na minha mão): a Sangria.
Com este nome horrível realmente só me convence porque de tudo o que lá meto dentro o vinho deve ser o ingrediente em menor quantidade.
Originariamente de Espanha conheço-a desde miúda já que a minha avó não a dispensava e foi com o meu pai que a aprendi a fazer pois fazia parte de todas as 'festas lá de casa'.
A 'nossa' leva muitas coisas e tem de ser doce e fresca ou não lhe toco. Se souber demasiado a vinho que a bebam vocês.
Agora há umas invenções de sangria já feita (em pacote ou em garrafa) ou Sangria com vinho branco mas não é a mesma coisa. Enfim, porcarias...
A tradição, aqui, ainda é o que era. O ingrediente principal é o vinho tinto, claro. Um vinho tinto que não precisa de ser muito bom, não por ser mal empregado (ai como me irritam quando me dizem isso!), mas porque se lhe vai acrescentar outros sabores: gasosa, cerveja, açúcar, pau de canela, estrela de anis, hortelã, um cálice de anis e frutas. Laranja e pêssego.
Já vi muitas receitas, alguma acho-as no mínimo... estranhas já que levam água com gás e outras nem isso o que me faz imensa confusão. Blherg.
A minha receita não é fixa (vou provando) já que a faço um bocado a olhómetro mas se quiserem partilhar alguma (daquelas que 'sai sempre bem') eu ouço-vos com atenção e, depois, faço as modificações necessárias...
Esta sim é a 'minha' verdadeira 'bebida de mulheres'. Ponham-me a beber disto (e fresca) e não tarda estou a cantar e a dançar sevilhanas!
Viva o Verão.

3 Sementes:

Virgulina 10:44 da manhã  

Também gosto muito de sangria. Não sei fazer, por isso, podes começar a partilhar a receita! :op

fantasma 4:24 da tarde  

Eu cá também gosto!!
Mas com anis é que acho que não me convences..... :oS

Witchie 10:31 da manhã  

Eu também adoro! Cá pela casa nova tem sido presença obrigatória nos jantares de amigos! Mas a minha receita é diferente da tua... Eu faço 2 partes de vinho, 1 parte de 7-up e 1 parte de sumo de laranja sem gás (trinaranjus ou coisa do estilo). Junto açúcar, frutas, pauzinhos de canela e, quando tenho, folhas de hortelã. E vou provando, que a coisa também nunca é muito certa.
Sabe tão bem, assim no calor do verão, uma sangria fresquinha! :)

Counter

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP