sábado, 17 de setembro de 2005

Mudanças...

Não vale a pena eu tentar planear e controlar tudo direitinho pois sai-me sempre ao contrário...
Antes de ontem já tinha a minha vidinha organizada para acompanhar o meu rapaz no seu primeiro ano de escola...
À 2ª ele almoçava comigo e eu só ia pô-lo no ALT às 3h. À 3ª ia comigo para a escola pois eu só tinha 90min de aulas e ele ficava na Biblioteca/Ludoteca com uma amiga minha. À 4ª eramos um do outro toda a tarde pois eu não tinha aulas. À 5ª lá ia ele outra vez para o ATL e, à 6ª, era um dia especial do pai. Faríamos os trabalhos de casa juntos e programas especiais os dois...
Era. Era até ontem à tarde.
Ao que parece não há ninguém do Porto para baixo que queira dar Educação Tecnológica ao 3º ciclo e um horário de 12 horas que não teve colocação nem posterior aceitação de ninguém foi enfiado no meu...
Lado positivo: é óbvio que como as coisas estão tão más eu tenho é de agradecer por ter agora horário completo (que nunca tive em 7 anos) o que se traduz por um ordenado que já pode ter esse nome e por mais tempo se serviço ao fim do ano o que pode ser um trunfo para a colocação no próximo...
Lado negativo (nem quero pensar...): M no ATL todos os dias e o meu tempo com ele reduzido a quase nada.
A segunda-feira é igual; posso ir buscá-lo, almoçar com ele e pô-lo no ATL às 3h. Na 3ª, 4ª e 5ª tem de ir para o ATL logo na carrinha da creche pois ele sai às 13 e eu entro às 13h30. Na 6ª tenho 90min de aulas 'pendurados' ao fim do dia (das 5 às 6.30) mas não o posso levar comigo pois a biblioteca já está fechada a essa hora.
Só consigo chegar à creche para ir buscar os meus pintos às 19h e às 21 horas eles vão os dois para a cama. Somando isso a uma hora de manhã entre acordar e ir para a escola estou com eles 3 horas por dia.
Eu não tive filhos para estar com eles 3 horas por dia!!!
Vou ter de andar a fazer malabarismos para esticar o tempinho que me sobra com o M (a M posso deixá-la comigo qualquer manhã que me apeteça).
Isto está errado. As mães deviam ter direito a horários reduzidos. De que me serve estar a trabalhar e a ganhar dinheiro por um lado para depois ter de pagar a quem me fique a educar os meus filhos, longe de mim, por outro?!
Está visto, sou uma mãe galinha e quero os meus pintinhos debaixo das minhas asas!!!
:(

11 Sementes:

Escalla 6:05 da tarde  

:(

Mãe Babada 11:25 da tarde  

Daqui a um mês também vou chorar no teu ombro :(

Patrícia 2:35 da manhã  

:((
Realmente, nestas ocasiões não há o que dizer....
Gostava mesmo que houvessem programas de apoio às mães, (ou pais), com part-times, bem pagos, se isso possibilitasse o acompanhamento dos filhos!

Beijocas gordas e apertadas

Xeyra 1:16 da tarde  

{{{{{{{PA}}}}}}}

Quando as coisas parecem bem planeadas e perfeitas, há sempre algo que vem estragar tudo. É especialmente triste quando os eventos conspiram para impedir que se passe mais tempo com os filhos. :(

Beijocas e abraços fortes para vocês.

Virgulina 2:13 da tarde  

Oh amiga, não sei o que dizer, por um lado é bom porque tens um horário completo, mas por outro é mau porque passas menos tempo com o M. Mas pensa que vais ter dois dias durante o fim de semana em que podes estragar as ovelhinhas com mimos.
Jinhos grandes. {{{PA}}}

gata 12:53 da manhã  

pois, eu também não consigo pôr o trabalho/estudo á frente do resto. acho que são instrumentos, nada mais, e passo me quando começam a interferir com aquilo que realmente considero a minha vida. swe fosse mãe, então, ia aos arames... entendo te...

Patrícia 10:34 da manhã  

E agora para algo COMPLETAMENTE diferente......afinal, conta lá, qual é a história secreta da Dona Tarte?? ;))

Flor 12:29 da tarde  

Isso é o que se passa vhoje com quase todas as mães. O facto de trabalharmos todo o dia deixa-nos pouco tempo livre para os filhos.
Terás de aproveitar o máximo tempo possível que passas com eles. Qualidade acima de tudo e eles compreenderão. Força amiga! :-*

Witchie 2:12 da tarde  

Força, linda! Vais ver que, super mãe como és, vais conseguir acompanhar o M. como sempre. Com menos tempo do que inicialmente previsto e que seria ideal, mas... E como diz a Virgulina, tens dois dias inteiros para os lambuzares de beijos, mimos e coisas boas de mãe *

fantasma 3:42 da tarde  

Ânimo, cenourinha linda, vais ver que tudo há-de correr pelo melhor... Bocadinho roubado aqui, tempo esticadinho ali, os teus pintinhos não hão-de sentir a tua falta.
E nós estamos cá para dar abracinhos e beijinhos à mãe galinha!!

ABR 9:40 da tarde  

Ah pois é... triste mesmo principalmente pensando em quem NUNCA tem horário diferente do que descreveste... é sair de casa a correr às 8 da manhã e regressar às 8 da noite :( isto não é vida mas se não for assim quem os alimenta? ai... é mesmo muito dificil!

Counter

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP