terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Como isto me entristece...

"O consumo de medicamentos para as perturbações do défice de atenção mais do que triplicou em quatro anos em Portugal"...
"O Metilfenidato é um medicamento estimulante que actua ao nível do sistema nervoso central, aumentando a atenção e concentração e reduzindo os comportamentos impulsivos"(...) que "começou a ser vendido nas farmácias portuguesas em 2004, quando antes apenas era usado a nível hospitalar. (...) Há em Portugal cerca de cem mil crianças e jovens com hiperactividade com défice de atenção". (in Jornal de Notícias)

É este o caminho?
Será que é com medicamentos que 'isto' se resolve?
O que estamos a fazer às nossas crianças?
Como isto me entristece...

3 Sementes:

sophia 11:24 da manhã  

nalguns casos muito específicos, o mdicamento será recomendado porque será necessário. mas infelizmente, quem toma as decisões prefere o caminho mais fácil: arranjar remédios em vez de curas.

é triste.

NCD 11:55 da manhã  

Educação em pastilhas. Qualquer problema se resolve na farmácia, hoje em dia. Admirável mundo novo. A pastilha para a atenção, para os nervos, para o apetite, para a falta de apetite, a pastilha do prazer, do entusiasmo, das dores de dentes, da dor de cabeça, do dia seguinte. Tudo com chá de camomila e muito incenso. Zen, muito zen. Vou ali ao meu lado fazer um link para este teu post.

Pequete 9:57 da manhã  

É, realmente, triste. Seria melhor começar por perguntar se quem tem problemas de deficit de atenção são os miúdos, ou os adultos supostamente responsáveis por eles...

Counter

  © Blogger template 'Personal Blog' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP